Monday, September 1, 2008

sobre a imensidão


hoje eu saio totalmente da escala da arquitetura para contar algo que me deixou muito feliz, encantado mesmo, neste final de semana.

com o projeto 365specialdays evoluindo bem, eu prometi a mim mesmo que não ia gastar nem um centavo ganho com as aquarelas em coisas banais como as contas nossas de todo dia.

pois com essa idéia na cachola eu comprei um telescópio pequeno (700mm), um presente pras minhas filhas e pra mim mesmo, ainda que atrasado por um quarto de século mais ou menos.

e não é que o bichinho é incrível. No sábado deu pra ver Venus do tamanho de uma moeda pequena com suas nuvens e tudo, e ontem a noite foi dominada por Júpiter e suas luas. Nunca imaginei que ia conseguir ver com tanta precisão esses dois planetas e não vejo a hora de ver Marte e a mesmo a Lua que tem surgido tarde demais para alguém que acorda ainda no meio da noite para dar mamadeira.

e o melhor de tudo foi ver minha filha de 5 anos entusiasmada, querendo aprender tudo sobre planetas e estrelas, querendo entender como eles se movem no céu e porque eles não trombam com a nossa Terra se todos flutuam no espaço.

agora vou montar o telescópio toda vez que a rotina começar a tomar conta. Faz a gente se sentir tão pequeno e ao mesmo tempo tão enorme.

6 comments:

brasilidade said...

Nossa...que presentão!!!!
Eu adoravaaa quando meu pai fazia essas coisas. =]
Fico feliz que hoje em dia os pais continuem empenhados em interessar os filhos em assuntos que não sejam novela.
Parabéns!
=]

Bjos

Alberto said...

Oi Fernando, que bela idéia hein? Para quem mora em São Paulo, com a Bruma Assassina tornando o céu sempre mais ou menos difuso, é difícil se lembrar que os outros planetas estão, as vezes, a 700mm de distância. Tô em dúvida se compro um, vou perguntar pra sandra :P

Ricardo Rossin said...
This comment has been removed by the author.
Ricardo Rossin said...

Que legal, na época de colégio queria ser astrônomo, mas cá estou eu com arquitetura.
Esse Telescopio deve ser bem bacana.
Òtimo compra, melhor ainda a "diversão".
Saudações.

Gabriel Mello da Silva said...

Meu avô cursou até o segundo grau, mas desenvolveu, ao longo da vida, uma grande paixão por astronomia. Leitor voraz sobre o assunto, construiu, do nada, usando os materiais mais inusitados, dois telescópios surpreendentemente potentes, através dos quais tive experiências semelhantes à sua.

Muitas foram as noites em que, em férias na casa dele no litoral do Rio Grande do Sul, me deleitei com essas visões do céu, assim como toda a família e até os vizinhos que também apareciam. Muito legal.

Max said...

esse é um sonho que ainda vou realizar, também.
Tempos atrás, a turma de escola do meu garoto em Belzonte foi convidada para visitar um observatório que tem lá.
fui com ele e, juntos, vimos saturno, com os anéis e tudo.
Impressionante.