Monday, September 22, 2008

livros e mais livros




na ultima seção de comentários do parede duas pessoas mencionaram que gostariam de ler mais sobre arquitetura contemporânea.

então enquanto eu olhava para minha estante hoje em busca de inspiração para um outro texto fui selecionando os livros que eu recomendaria para estudantes e colegas arquitetos.

Palladio’s Children de N.J.Habraken já nasceu clássico ano passado. Habraken foi diretor do MIT por muitos anos e é holandês da turma de Bakema e Hertzberger que conquistou o mundo com seu pragmatismo 20 anos antes de Koolhaas ter entrado numa escola de arquitetura. Vale a pena mesmo e eu o coloco como primeiro da lista.


Mais profundo e mais abstrato são as Differences de Solá-Morales. Solá-Morales influenciou gerações da Espanha e na América Latina e Differences é um resumo de sua obra interrompida precocemente uns anos atrás


La Modernidad Superada de Josep Maria Montaner não está na foto acima porque está emprestado mas é uma leitura precisa do modernismo tardio com muitos elogios aos brasileiros. Acho que já foi traduzido para o português.


Architecture after Modernism de Diane Ghirardo é imperdível. Também já traduzido para o português, Ghirardo dá um show ao explicar a arquitetura do final do século XX junto com as transformações no capitalismo da era Reagan/Thatcher


Architecture and disjunction de Bernard Tschumi é obra fundamental para entender a arquitetura contemporânea principalmente no que diz respeito a seus paralelos com as outras artes ou disciplinas criativas em geral.


Eupalinos é um livrinho lindo de Paul Valery cuja edição brasileira tem um excelente prefácio do saudoso Joaquim Guedes. Imperdível para todos que amam a arquitetura e a filosofia, alem de ser muito melhor que qualquer fenomenologia.


O lugar da crítica é uma coleção de ensaios de Ruth Verde Zein que pra mim é quem melhor tem escrito no Brasil já há muitos anos. Nem precisa explicar muito.


O Alvo do Olhar Estrangeiro é a tese de doutorado de Nelci Tinem, professora da UFPB. Nelci faz um passeio pelas revistas de arquitetura dos anos 50 pra demonstrar como os interesses de cada publicação moldam suas decisões editoriais.


O projeto arquitetônico de Alfonso Corona-Martinez também existe em português e é um clássico dos estudos do ato de projetar em si. Fundamental pra todo mundo que quer entender direito o que se passa no processo dos primeiros croquis até a resolução espacial ganhar seu caráter definitivo.


e por último para aqueles que estão cursando mestrado ou doutorado, Architecture Research Methods de Linda Groat e David Wang é um manual de introdução às diversas técnicas de pesquisa em arquitetura que acredito ser o melhor livro no assunto.

e por último fica minha sugestão de que todo mundo contribua nos comentários para que esta lista cresça e se torne mais abrangente que a minha pequena e arbitrária seleção

16 comments:

Alberto said...

Gostei da lista, achei bastante original e cuidadosa. EU só li o Eupalinos, mas acho isso ótimo. É bom ter mais coisas pra ler!

Acho que vou colocar uma lista de livro no architecture, afinal, os arquitetos nunca encaixam o famoso "meme". Junto irá o link para esse post, e assim por diante.

Alberto said...

Pronto. A lista tá lá.

Marco Antonio Borges Netto - Marcão - revistacrise@email.com said...

Valeu, Fernando.

Ricardo Rossin said...

Valeu fernando, desses eu já li Differences e la modernidad Superada, gostei muito dos dois.
Se pudesse indicar u eu indicaria "Walkspaces, el andar como practica estética" de Francesco Careri. Depois vou colocar no meu blog uma lista também, mas não hoje...
Abraços.

Marcus said...

Ótima iniciativa Fernando!

Aí vai minha dica: "Silencios Elocuentes" de Carlos Martí.
Livro difícil de achar, mas que vale a pena correr atrás.
O livro se estrutura em cinco estudos sobre pessoas que fizeram do silêncio um elemento substancial da sua obra : Jorge Luis Borges,Mies van der Rohe, Yasuhiro Ozu, Mark Rothko y Jorge Oteiza.
Contra a cultura do espetáculo a afirmação da arte como contemplação.
Livro de cabeceira!

Abraço

armário da fla said...

minha contribuição é um pouco óbvia, exceto pelo Colquhoun:
- Theorinzing a new agenda for architecture, org. por Kate Nesbitt
- Architecture theory since 1968 org. por Michael Hays,
duas coletâneas de artigos de arquitetos, filósofos, críticos, etc.
- Modernidade e tradição clássica de Alan Colquhoun, um olhar muito rigoroso e menos empiricista sobre a arquitetura moderna. São também coletâneas de artigos, mas desse autor
- Nova York delirante, Koolhaas, não dá para falar sobre o contemporâneo sem lê-lo.
beijos
Flávia

Fernando L Lara said...

Ta ficando ótima esta lista. Gosto muito do Colquhoun e uso sempre as duas antologias que a Flávia citou. Não li ainda Silencios Elocuentes mas vou procurar, só pelo título já gostei.

Ricardo Rossin said...

Fala Fernando.

Ai vai minha listinha...alguns eu não coloquei pois já estão ai...coloquei a mesma lista no site do Alberto!!

Walkspaces - Francesco Careri
Arquitetura da Felicidade - Alan
Topogenisis - Josep Muntañola Thomberg
Cidades para um pequeno planeta - Richard Rogers
Lições de arquitetura - Herman Hertzberger
O circulo privilegiado - Esse não me lembro o autor mas é altamente recomendável...rs...Para entender porque surge um grande arquiteto.
Teoria e Projeto - Helio Piñon (meio puñeta modernista mental, mas eu gostei)

Abraços.

Alberto said...

Ricardo, coloque a lista no seu Blog e link o parede e o architeture no post...ce vai ver como a rede expande

PS: Ce trabalha no Aflalo?

Ricardo Rossin said...

Fala Fernando, no meu blog coloquei a lista também...É a nossa contribuição a arquitetura de todos os dias...

Abraços.

Annima said...

Modernidade Superada foi o único que li e gostei muito. Bom, também li xerox de capítulos de livros para as provas de história de arquitetura, mas foi tudo em vão (infelizmente) pois nunca fui uma estudante lá muito engajada...

Agora, comprei o Arquitetura e Crítica, também do Montaner,mas ainda não tive disposição para começar a ler. Alguém já leu este?

Cláudio Luiz said...

Vou tentar aproveitar a lista para começar as minhas leituras.
O "Cidades para um pequeno planeta" foi uma das opções de presente para uma amiga que é uma excelente professora de urbanismo no Rio, mas não sei porque acabei optando por outro. Já até disse para Ana Paula dar uma passadinha aqui, acho que ela irá gostar.

NB - vim parar aqui depois de ler um comentário seu lá no Duas Fridas - blog que eu acho muito bom.

Ana Paula said...

Pronto, o Claudio Luiz disse pra eu passar por aqui. A Hele, do Duas Fridas, também. Então, aqui estou. Sou arquiteta e professora, e gostei imensamente do seu blog. Estou há mais de um ano namorando a idéia de também fazer um (psss, não conte pros meus amigos acima citados), mas ainda não criei coragem. No momento, estou tentando me preparar para tentar entrar no doutorado, ano que vem. Para tal, já anotei a sua indicação de metodologia, vou precisar.
Quanto a livros, eu gosto muitíssimo do Lições de Arquitetura, do Hertzberger, que alguém já citou aqui, e fiquei instigada com esse Silencios Elocuentes. Minha área é mais a do urbanismo, estou encantada no momento com Espaço Público: do urbano ao político, de Sérgio Luís Abrahão, fruto de uma tese, defendida na FAU USP em 2005. E sugiro também A idéia de cidade, do Joseph Rykwert.
Vou ver se apareço mais vezes. Um abraço.

Fernando L Lara said...

Annima,
ainda não li o novo livro do Montaner mas acompanhei a polêmica entrevista que ele deu para a AU uns meses atrás. Seu comentário me lembrou que eu preciso mesmo é ler o livro.

Claudio e Ana Paula, bem vindos ao parede. Cidades para um pequeno planeta é mesmo uma pequena jóia, eu ví o Rogers falando ano passado e fiquei encantado: http://parededemeia.blogspot.com/2007/03/viva-lord-rogers.html

Ricardo Rossin said...

Só para constar, o Silencios Elocuentes e do arq Carlos Martí Aris, ex coordenanador de arquitetura da Universidade Politecnica da Catalunia. Infelizmente ele passa por um momento muito delicado de saúde, e o ano passado já não deu nenhuma aula, somente deu uma palestra e mesmo assim não estava nada bem! Uma pena!!

Alberto said...

Marcão e Rossin, finalmente o template do architecture atualizou... o link de seus blogsa estão lá agora. confiram.


www.architecture.blogger.com.br

abraço a todos, bom fim de semana.