Wednesday, April 30, 2008

em rota de colisão



uma conquista da qual a esquerda brasileira pode se orgulhar foi ter colocado a questão da saúde no cerne das preocupações nacionais. Nosso sistema público não é lá uma brastemp e a fome ainda ronda algumas areas do país mas nenhum candidato, por mais direitista que seja, pode hoje propor acabar com os programas públicos de saúde ou de segurança alimentar, sob o risco de, claro, não se eleger nem pra síndico de um condomínio fechado.

parece pouco mas não é.


na última semana o New York Times publicou duas reportagens mostrando que a espectativa de vida caiu, repito CAIU significativamente em grande parte dos EUA entre 1983 e 2000, principalmente entre as mulheres.
isso que seria um escândalo no Brasil não mereceu muita atenção da mídia popular que continua focada na crítica rasgada (aqui chamada de anti-americana) do pastor da igreja do Obama, entre outras questões de igual importância.

mas voltando a queda da expectativa de vida, esse dado só reforça a minha percepção de que os dois maiores países das américas estão ficando cada dia mais parecidos enquanto o Brasil melhora aos poucos e os EUA ao contrário vão piorando devagarinho.

1 comment:

Max said...

agora que vc me fala isso?!!?
já estou com as passagens compradas!! rs...