Tuesday, May 8, 2007

primeiras impressões de Seoul

Minhas primeiras impressões de Seoul na Coreia do Sul são de uma São Paulo um pouco mais organizada e muito mais rica. A cidade tem um tecido bem parecido com o da maior metrópole brasileira, com edifícios altos ladeando as avenidas e a escala diminuindo gradativamente a medida em que se penetra nas ruas secundarias. Mas o dia não foi de muito passeio e sim de varias conversas com professores e arquitetos sobre as políticas habitacionais e as configurações dos apartamentos aqui. Aprendi por exemplo que o governo coreano tem prerrogativas legais para desapropriar qualquer área de interesse das políticas urbanas, repassando enormes glebas para a iniciativa privada construir seguindo novos coeficientes e diretrizes de assentamento. Ao mesmo tempo, para controlar a oferta de unidades habitacionais (acima de 1 milhão por ano antes de 1998, hoje perto de 500 mil) o governo impõe um limite máximo de preço de venda final. No melhor modelo asiático temos um governo forte intervindo pesadamente no setor habitacional para em seguida repassar tudo para a iniciativa privada. Intervencionismo diriam os neo-liberais! Entreguismo diriam os neo-esquerdistas! No entanto a Coréia do Sul saiu da ruína para a bonança em apenas 40 anos. Desconfio que temos muito o que aprender por aqui.

1 comment:

Max said...

e vc notou como as mulheres são bonitas?!? hein?!!? hein?!?!

tá bom, o assunto não é esse, mas é uma das coisas que mais me chamaram a atenção em Seoul...