Thursday, February 19, 2009

morfologia das favelas


hoje meus alunos apresentaram pela primeira vez os trabalhos de analise do Acaba-Mundo em BH. Cinco outros professores na platéia se revezando em toda sorte de comentários, esmiuçando mesmo o trabalhos dos estudantes.

de repente surgiu uma questão. De acordo com o mapa de levantamento desta favela, apesar das densidades altíssimas, não encontramos uma única parede compartilhada por dois barracos. Cada uma das estruturas tem suas próprias quarto paredes, um envelope externo absolutamente independente mesmo que as vezes o espaço entre edifícios seja de 50cm ou menos.

dado que a maioria das classes media e alta nas grandes cidades brasileiras moram atualmente em apartamentos, onde uma ou várias paredes são compartilhadas, fica aqui uma anotação interessante. A lógica da ocupação das favelas impõe a independência dos envelopes externos, mesmo que a privacidade seja quase nenhuma dado que os vizinhos estão a menos de um metro de distância.

isso me parece comum na maioria das favelas brasileiras e vale perguntar qual a origem e discutir a pertinência deste fenômeno.

seria isso um desperdício de material e trabalho justamente onde faz mais falta ou uma peculiaridade morfologica dos assentamentos informais?


o que vocês acham?

3 comments:

Isadora said...

Nando,
De acordo com o meu consultor especialíssimo para assuntos de favela ;) o muro é a primeira construção mesmo que o vizinho já tenha, pois é a única forma de delimitar o espaço de cada um. Dividir parede é impensável quando se disputa o espaço.
Bjo

Marco Antonio Borges Netto - Marcão said...

Assino em baixo, Isadora.

Além disso, o desconhecimento técnico e a falta de assessoria especializada mais a insegurança da posse, podem gerar essas particularidades.

Renata said...

tenho muito interesse no assunto...discutirnao só a morfologia das favelas brasileiras mas das favelas de algumas cidades da america do sul..poderia me enviar seu e mail para que eu poss entrar em contato? obrigada. Meu nome érenata barros ,sou arquiteta e no momento vivo em barcelona. arqurb.renata@gmail.com