Saturday, August 18, 2007

obituário modernista



de passagem por Recife, ganhei de presente de Luiz Amorim o recém lançado: Obituário Arquitetônico – Pernambuco Modernista.

uma pérola !!!

no livrinho, pequeno no formato mas enorme no conteúdo, o autor nos apresenta o resultado de anos documentando a morte de belíssimos edifícios modernos em Pernambuco. No texto, saboroso como sempre foi a escrita de Amorim, as mortes são explicadas e comentadas, divididas em mortes prematuras (esqueletos estruturais abandonados, mortes por vaidade (reformas descaracterizantes), mortes por parasitas e mortes por abandono.

ah, as fotos acima, são da usina higienizadora do leite, de Luis Nunes, 1934

2 comments:

Júlia Monteiro said...

Luiz Amorim foi meu professor de projeto na UFPE, considero como ainda sendo meu professor, mas agora não entre 4 paredes e sim no espaço aberto, sempre com pensamentos distintos dos demais professores, eu o adimiro muito. ainda nao tive a oportunidade de tocar e ler o seu livro, mas sei com certeza que será uma leitura importante e saborosa!
beijos

Anonymous said...

AMORIM? SOMBRA DE UM PAI ARQUITETO.