Wednesday, August 13, 2008

pamphlets


hoje foi dia de faxina profunda aqui na rua Timbiras. Retiramos centenas de livros das estantes, enchemos vários panos de chão com a sujeira das prateleiras e recolocamos tudo de volta menos quatro sacos de lixo grandes.

apesar do corpo exausto e dos espirros a tarde toda, foi um ótimo exercício. Descobrir livros antigos perdidos na estante é como folhear um álbum de fotografias, tantas as imagens e as lembranças que voltam a mente.

no meio de tantos um em especial chamou a minha atenção. A coleção dos 10 primeiros Pamphlets reeditados pela Princeton Architectural Press em 1998.

os PAMPHLETS foram exatamente o que o nome diz, panfletos de arquitetura, de poucas páginas, edições pequenas e baratas que Steven Holl e William Stout lançaram esporadicamente a partir de 1978.

mas o que prendeu meu olhar mesmo foi o paralelo com a Revista Pampulha, editada exatamente na mesma época aqui em BH. As mesmas investigações formais, a mesma vontade de publicar, o mesmo improviso genial que acaba catalizando todo um movimento.

fica aí minha sugestão para Sylvio e Gabi, uma reedição comemorativa dos 30m anos de Pampulha juntando todas os números da revista. Que tal?

7 comments:

Marco Antonio Borges Netto - Marcão - revistacrise@email.com said...

Acho que a escrita deveria ser exigida nas escolas. O TFG, por exemplo, a escrita é mínima e básica. Penso que deveria ser exigido um artiguinho para explicar teoricamente o projeto. Não só explicando a tecnologia, mas o porquê do projeto, os modelos análogos, etc..

Como estudante de arquitetura e urbanismo, sofro para entender os livros de prática - desenho técnico, estruturas.

De repente o problema está aí e essa revistas de arquitetura meio que independentes ajudam nesse sentido.

Henrique Gonçalves said...

ótima Ideia! Estudantes como eu tem muita curiosidade à respeito dessas revistas, que fazem parte da história da arquitetura brasileira. Quero fazer minha monografia de história em cima da arquitetura mineira, um lançamento desses seria minha salvação!

Marco Antonio Borges Netto - Marcão - revistacrise@email.com said...

Olá, Fernando!

Acho que você já falou sobre isso: http://www.piniweb.com.br/construcao/urbanismo/nova-york-ganha-parque-publico-sobre-linha-ferrea-99254-1.asp?from=Correio+Pini.

Abraços.

Ricardo Rossin said...

Nossa, estava buscando uns documentos nos meus backups e encontrei um texto chamado "Manobrando a arquitetura para fora da crise dos significados"...algo assim...é seu naoo é??

Fernando L Lara said...

Ricardo, eu escrevi isso ao uns 15 anos atras. Onde voce encontrou esta perola?

Fernando

Ricardo Rossin said...

Tenho acho que dois textos seus sobre arquitetura. Li eles quando estava estudando pro mestrado na FAU-USP, isso foi em 2003 ou 2004 se nao me engano!! Achei na internet mesmo!!

Marco Antonio Borges Netto - Marcão - revistacrise@email.com said...

Ricardo,
Bão?
Passa o link, por favor.
Só acho a referência bibliográfica.
Obrigado.